Notícias

Página Inicial Notícia Lista Notícia

Novo modelo de gestão do TCE-MS reforça capacitação de gestores municipais da saúde

01/12/2017 Mary Vasques Fábio Pinheiro
Com atenção voltada á saúde do cidadão atendido pelo SUS, a Corte de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, realizou por meio da Escola Superior de Controle Externo do TCE-MS, o curso “Considerações sobre os Fundos Municipais de Saúde e a Lei Complementar 141/2012”,  que tem como objetivo a capacitação de conselheiros municipais da saúde e  a discussão foi sobre as articulações dos instrumentos de planejamento e gestão do SUS. O evento realizado na ultima quinta-feira, 30 de novembro no auditório da ESCOEX,  teve como palestrante o auditor estadual aposentado do TCE-MS, Antonio Elias das Neves Ferreira de Morais.
 
Essa é mais uma inovação da gestão do Conselheiro Presidente Waldir Neves que deliberou esse curso direcionado aos profissionais atuantes no SUS, prioritariamente os vinculados ao Conselho Estadual e Municipal de Saúde.
 
 
Coordenador Geral da Escoex, Ben Hur Ferreira ao fazer a abertura do evento destacou a  capacidade do palestrante, o professor Elias, que atendeu o Tribunal por muito tempo. Para o coordenador a iniciativa em oferecer o curso é necessária em virtude da relevância desse setor para a população: “a saúde é um direito de todos e obrigação do Estado, há muitos recursos para a saúde que é complexa, os fundos de saúde. Então, o Tribunal ao capacitar os gestores, certamente esta aperfeiçoando a qualidade de vida que o brasileiro demanda, se fizer uma pesquisa, talvez a saúde seja o ponto mais demandado  dos brasileiros e brasileiras, por tanto  é nesse contexto de priorização, melhorar a gestão que estamos apostando nesse curso” explica.
 
 
Ao apresentar o palestrante a Coordenadora de Capacitação e Extensão da Escoex, Serley dos Santos e Silva destacou outra ação essencial que o TCE-MS inovou para a boa gestão nessa área: o livro “Indicadores de Saúde” que contem informações sobre a saúde nos municípios Sul-Mato-Grossenses, e lembrou que a publicação esta disponibilizada no site da Escoex.
 
 
Para o palestrante, servidor aposentado do Tribunal de Contas, professor e auditor Eduardo Elias esse evento do TCE-MS significativo já que dá uma oportunidade inédita aos gestores: “o objetivo maior é capacitar o controle social de saúde, lembrando que é a primeira vez que o Tribunal abre suas portas para tratar o tema.” De maneira didática, o palestrante Eduardo Elias elencou os principais aspectos que abrangem a organização e a legislação estruturante do SUS, de forma que os conselheiros possam utilizar, de maneira eficiente e em conformidade com a legislação, os recursos financeiros destinados ao SUS, e ainda, visa apresentar as estruturas teóricas e legais necessárias á evolução e orientação, bem como, os instrumentos metodológicos e organizacionais de competências para a gestão e analise das tendências e perspectivas no âmbito do SUS.
 
A servidora municipal de Camapuã, Andressa Gonçalves Amorim destacou a importância do tema que tratar da Lei Complementar que norteia o Sistema Único de Saúde. “Vamos aplicar os ensinamentos em nosso município e facilitar o trabalho com os usuários do SUS.”
 
A assistente social da saúde do município de Terenos, Inês Mendes falou sobre a expectativa de noções do curso “Chegamos aqui para aprender novas regras, quero contribuir junto ao Conselho Municipal e levar comigo esse conhecimento que obtive, e assim, poder levar os benefícios aos usuários do SUS”.
 

Conselheiro de Saúde que trabalha no controle de vetores de Pedro Gomes, João Marcos além de reconhecer esse avanço por meio dessa iniciativa ressaltou que tudo só foi possível, graças a visão que o Tribunal passou ater com o novo modelo de gestão implementado pelo atual administração: “Dessa forma podemos atender melhor o cidadão que depende do SUS. Parabenizo o TCE-MS e o presidente Waldir pela iniciativa e preocupação com a saúde da população.”