Não. O questionário do IEGM é uma foto da Administração Pública Municipal com dados relativos somente ao exercício de 2017.
O formulário de cada índice temático é tratado pelo sistema como um documento único. Assim, cada um deles deverá ser preenchido e concluído no sistema individualmente. Não é possível enviar todos os questionários em bloco, de uma só vez.
O preenchimento do questionário é obrigatório para todas as Prefeituras. O não preenchimento do questionário no prazo estabelecido poderá ensejar a aplicação das sanções. Segue o  link da portaria http://www.tce.ms.gov.br/portal-services/files/arquivo/nome/11126/6bca70d41898f367f47458d7b9933514.pdf
O prazo para resposta foi de cerca de 30 dias, não havendo possibilidade de prorrogação.
Sim. O IEGM/TCE-MS foi concebido como uma ferramenta de acompanhamento dos resultados das ações e políticas públicas municipais na qualidade de vida dos cidadãos. Tal avaliação independe do porte do Município. É certo, de toda forma, que as informações que compõem o i-Planejamento e o i-Fiscal, relativas às receitas e despesas da Prefeitura Municipal, serão consideradas no momento da análise das respostas aos quesitos e elaboração dos relatórios.

Tire aqui suas dúvidas relacionadas ao Índice de Efetividade de Gestão Municipal
Envie sua pergunta e irá receber a resposta em seu e-mail.



Logo

 

Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul

Parque dos Poderes - Bloco 29 - CEP 79031-902

dirgeral@tce.ms.gov.br

Fone: Diretoria Geral (67) 3317-1530

Campo Grande - MS - Brasil